ANTECEDENTES DO ENGAJAMENTO DO CONSUMIDOR E O CONSUMIDOR ENGAJADO COMO GERADOR DE VALOR PARA A EMPRESA
PDF

Palavras-chave

Engajamento
Intenção de compra
Indicações do consumidor
Influência do consumidor
Conhecimento do consumidor.

Como Citar

Tartarotti, L., Dias, D. T. de Ávila, Toni, D. D., & Fachinelli, A. C. (2020). ANTECEDENTES DO ENGAJAMENTO DO CONSUMIDOR E O CONSUMIDOR ENGAJADO COMO GERADOR DE VALOR PARA A EMPRESA. Revista Inteligência Competitiva, 10(1), 74–87. https://doi.org/10.24883/IberoamericanIC.v10i1.365

Resumo

É fundamental garantir que os consumidores estejam engajados. Assim, o tema desta pesquisa é o engajamento do consumidor como fator de geração de valor para a empresa. O problema de pesquisa que orienta o estudo define-se por quais as relações do engajamento do consumidor como gerador de valor para a organização? Portanto, o objetivo da pesquisa foi relacionar os construtos: engajamento do consumidor, envolvimento do consumidor, participação do consumidor, intenção de compra, indicações do consumidor, influência do consumidor e conhecimento do consumidor; em um modelo teórico proposto. Para o alcance deste objetivo, optou-se pelo desenvolvimento de uma pesquisa teórica. Como resultado, apresenta-se o modelo teórico proposto do engajamento do consumidor como gerador de valor para as empresas, sendo a principal contribuição teórica do artigo. Como contribuição gerencial, destaca-se que identificação dos antecedentes do engajamento do consumidor as organizações podem gerenciar este engajamento nos seus próprios consumidores, buscando um desempenho organizacional superior.

 

Palavras-chave: Engajamento. Intenção de compra. Indicações do consumidor. Influência do consumidor. Conhecimento do consumidor.

https://doi.org/10.24883/IberoamericanIC.v10i1.365
PDF

Referências

ANGULO-RUIZ, F.; DONTHU, N.; PRIOR, D.; RIALP, J. The financial contribution of customer-oriented marketing capability. Journal of the Academy of Marketing Science, v.42, n.4, p.380-399, 2014.

BOLTON, R. N.; SAXENA-IYER, S. Interactive Services: A Framework, Synthesis and Research Directions. Journal of Interactive Marketing, v.23, n.1, 2009.

BOWDEN, J. The Process of Customer Engagement: A Conceptual Framework. Journal of Marketing Theory and Practice, v.17, p.63-74, 2009.

BRAKUS, J. J.; SCHMITT, B. H.; ZARANTELLO, L. Brand Experience: What is it? How is it Measured? Does it Affect Loyalty? Journal of Marketing, v.73, n.3, p.52-68, 2009.

BRODIE, R. J.; HOLLEBEEK, L. D.; JURIĆ, B.; ILIĆ, A. Customer Engagement: Conceptual Domain, Fundamental Propositions, and Implications for Research. Journal of Service Research, v.14, n.3, p.252-271, 2011.

BRODIE, R. J.; ILIC, A.; JURIC, B.; HOLLEBEEK, L. Consumer engagement in a virtual brand community: an exploratory analysis. Journal of Business Research, v.66, n.1, p.105-114, 2013.

BRUNEAU, V.; SWAEN, V.; ZIDDA, P. Are loyalty program members really engaged? Measuring customer

engagement with loyalty programs. Journal of Business Research, v.91, p.144-158, 2018.

BYRNE, B. M. Structural equation modeling with AMOS: basic concepts, applications,

and programming. London: Taylor e Francis Group, 2010.

CHURCHILL JR., G. A. Marketing research: methodological foundations. Fort Laudardale:

Harcourt College Publishers, 1999.

COULTER, R. A.; PRICE, L. L.; FEICK, L. Rethinking the origins of involvement and brand commitment: Insights from postsocialist central Europe. Journal of Consumer Research, v.30, n.2, p.151-169, 2003.

DELGADO-BALLESTER, E.; MUNUERA-ALEMAN, L. Brand trust in the context of consumer loyalty. European Journal of Marketing, v.35, n.11/12, p.1238-1258, 2001.

DESSART, L.; VELOUTSOU, C.; MORGAN-THOMAS, A. Capturing consumer engagement: duality, dimensionality and measurement. Journal of Marketing Management, v.32, n.5-6, p.399-426, 2016.

DWIVEDI, A. A higher-order model of consumer brand engagement and its impact on loyalty intentions. Journal of Retailing and Consumer Services, v.24, p.100-109, 2015.

FINK, A. How to conduct surveys: a step-by-step guide. 5th edition. Thousand Oaks: Sage

Publications, 2013.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GUPTA, S.; LEHMANN, D. R.; STUART, J. A. Valuing customers. Journal of Marketing Research, v.41, n.1, p.7-18, 2004.

HAIR Jr., J. F.; BLACK, W. C.; BABIN, B. J.; ANDERSON, R. E.; TATHAM, R. L. Análise multivariada de dados. 6. ed. Porto Alegre: Bookman, 2009.

HAIR Jr. J. F.; BUSH, R. P.; ORTINAU, D. J. Marketing research: a practical approach for

the new millennium. New York: Irwin/McGraw-Hill, 2000.

HARMELING, C. M.; MOFFETT, J. W.; ARNOLD, M. J.; CARLSON, B. D. Toward a theory of customer engagement marketing. Journal of the Academy of Marketing Science, v.45, n.3, p.312-335, 2017.

HOGAN, J. E.; LEMON, K. N. LIBAI, B. What Is the True Value of A Lost Customer? Journal of Service Research, v.5, n.3, p.196-208, 2003.

HOLLEBEEK, L. D. Demystifying customer brand engagement: Exploring the loyalty nexus. Journal of Marketing Management, v.27, 2011.

HOLLEBEEK, L. D.; GLYNN, M. S.; BRODIE, R. J. Consumer Brand Engagement in Social Media: Conceptualization, Scale Development and Validation. Journal of interactive marketing, v.28, p.149-165, 2014.

HOYLE, R. H. Handbook of Structural equation modeling. New York: The Guilford Press,

JOSHI, A. W.; SHARMA, S. Customer Knowledge Development: Antecedents and Impact on New Product Performance. Journal of Marketing, v.68, n.4, p.47-59, 2004.

KELLER, K. L. Building Customer-Based Brand Equity. Marketing Management, v.10, n.2, p.14-21, 2001.

KLINE, R. B. Principles and practice of structural equation modeling. New York: The

Guilford Press, 2011.

KUMAR, J.; PETERSEN, A.; LEONE, R. P. Driving Profitability By Encouraging Customer Referrals: Who, When, And How. Journal of Marketing, v.74, n.5, p.1-17, 2010.

KUMAR, L.; AKSOY, B.; DONKERS, R.; VENKATESAN, T.; WIESEL, S.; TILLMANNS, S. Undervalued or Overvalued Customers: Capturing Total Customer Engagement Value. Journal of Service Research, v.13, n.3, p.297-310, 2010.

KUMAR, V. Profitable Customer Engagement: Concepts, Metrics & Strategies. Sage Publications, India, 2013.

KUMAR, V; BHAGWAT, Y. Listen To the Customer. Marketing Research, v.22, n.2, p.14-19, 2010.

KUMAR, V.; PANSARI, A. Competitive Advantage Through Engagement. Journal of Marketing Research, v.53, n.4, p.497-514, 2016.

KUMAR, V.; VENKATESAN, R.; REINARTZ, W. Performance implications of adopting a customer-focused sales campaign. Journal of Marketing, v.72, n.5, p.50-68, 2008.

LEE, R. P.; GREWAL, R. Strategic Responses to New Technologies and Their Impact on Firm Performance. Journal of Marketing, v.68, n.4, p.157-171, 2004.

MANGOLD, W. G.; SMITH, K. T. Selling to Millennials with online reviews. Business Horizons, v.55, n.2, p.141-153, 2012.

MARCONI, M. A.de; LAKATOS, E. M. Metodologia do Trabalho Científico. 7 ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MASCARENHAS, S. A. Metodologia científica. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012.

MENEGHETTI, F. K. What is a theoretical essay?. Revista de Administração Contemporânea, v. 15, n. 2, p. 320-332, 2011.

MOLLEN, A.; WILSON, H. Engagement, telepresence and interactivity in online consumer experience: Reconciling scholastic and managerial perspectives. Journal of Business Research, v.63, 2010.

NAMBISAN, S.; NAMBISAN, P. How to Profit from a Better Virtual Customer Environment. MIT Sloan Management Review, v.49, n.3, p.53-61, 2008.

PANSARI, A.; KUMAR, V. Customer engagement: the construct, antecedents, and consequences. Journal of the Academy of Marketing Science, v.45, p.294-311, 2017.

PATTERSON, P.; YU, T.; DE RUYTER, K. D. Understanding customer engagement in services. In: Proceedings of Advancing Theory, Maintaining Relevance, Proceedings of ANZMAC 2006 Conference, Brisbane, p.4-6, 2006.

PILATI, R.; LAROS, J. A. Modelos de equações estruturais em psicologia: conceitos e

aplicações. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v.23, n.2, p.205-216, 2007.

SCHMITT, P.; SKIERA, B.; VAN DEN BULTE, C. Referral programs and customer value. Journal of Marketing, v.75, n.1, p.46-59, 2011.

SO, K. K. F.; KING, C.; SPARKS, B. Customer engagement with tourism brands: scale development and validation. Journal of Hospitality & Tourism Research, 2012.

TRUSOV, M.; BUCKLIN, R. E.; PAUWELS, K. Estimating the Dynamic Effects of Online Word-of-Mouth on Member Growth of a Social Network Site. Journal of Marketing, v.73, n.5, p.90-102, 2009.

UCS - Universidade de Caxias do Sul. Biblioteca Virtual - Bases de Dados. Disponível em: <http://www.ucs.br/site/biblioteca/bases-de-dados/biblioteca-bases-dedados/ciencias-sociais-e-aplicadas/>. Acesso em 18 junho 2019.

VAN DOORN, J; LEMON, K. N.; MITTAL, V.; NASS, S.; PICK, D.; PIRNER, P.; VERHOEF, P. C. Customer Engagement Behavior: Theoretical Foundations and Research Directions. Journal of Service Research, v.13, n.3, p.253-266, 2010.

VERGARA, S. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 1997.

VERHOEF, P. C.; REINARTZ, W. J.; KRAFFT, M. Customer engagement as a new

perspective in customer management. Journal of Service Research, v.13, n.3, p.247-252,

VIVEK, S. D. A scale of consumer engagement. Tese de doutorado, The University of

Alabama, 2009.

VIVEK, S. D.; BEATTY, S. E.; DALELA, V.; MORGAN, R. M. A generalized multidimensional scale for measuring customer engagement. Journal of Marketing Theory and Practice, v.22, n.4, p.401-420, 2014.

WONG, H. Y.; MERRILEES, B. An empirical study of the antecedents and consequences of brand engagement. Marketing Intelligence and Planning, v.33, n.4, p.575-591, 2015.

O(s) autor(es) autoriza(m) a publicação do texto na da revista;

O(s) autor(es) garantem que a contribuição é original e inédita e que não está em processo de avaliação em outra(s) revista(s);

A revista não se responsabiliza pelas opiniões, idéias e conceitos emitidos nos textos, por serem de inteira responsabilidade de seu(s) autor(es);

É reservado aos editores o direito de proceder a ajustes textuais e de adequação às normas da publicação.

Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

Esta licença permite que outros remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho para fins não comerciais, e embora os novos trabalhos tenham de lhe atribuir o devido crédito e não possam ser usados para fins comerciais, os usuários não têm de licenciar esses trabalhos derivados sob os mesmos termos.

Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja O Efeito do Acesso Livre) emhttp://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html

Downloads

Não há dados estatísticos.