PADRÕES DE INOVAÇÃO EM MULTINACIONAL DE BASE TECNOLÓGICA
ARTIGO - PDF

Palavras-chave

Inovação
Inovação aberta
Inovação por usuário
Domínio tecnológico
Processos de inovação
Innovation
Open innovation
User innovation
Technological dominion
Innovation process

Como Citar

Rodrigues, L. C., & Heringer, B. H. . de F. (2011). PADRÕES DE INOVAÇÃO EM MULTINACIONAL DE BASE TECNOLÓGICA. Revista Inteligência Competitiva, 1(2), 198–204. https://doi.org/10.24883/IberoamericanIC.v1i2.11

Resumo

Desde que os setores industriais começaram a olhar a inovação como um instrumento de vantagens competitivas e de desenvolvimento econômico, o estudo da inovação tem se aprofundado em suas inúmeras variantes. Examina-se aqui o caso da Renishaw, uma empresa multinacional, líder em seu setor, centrada na produção e comercialização de instrumentos, metodologias e sistemas de ajustes finos em máquinas de controle numérico, com filiais em 30 países ao redor do mundo. Neste artigo, o objetivo é determinar as características do formato gerencial da inovação nessa empresa, considerando-se as características de seus processos de inovação. Utilizou-se o método de estudo de caso e coletou-se informações de três sujeitos sociais da alta administração da filial brasileira, com subsequente uso de documentos informativos oficiais. Os resultados indicaram que a empresa possui um modelo bem consolidado de acesso e ampliação da base tecnológica, centrado em sua matriz. Seus processos de inovação são caracterizados pela inovação aberta e pela inovação por usuário. Os processos de inovação aberta são decorrentes de interações com centros de P&D apenas no país sede da matriz. Seus processos de inovação distribuída, porém, estão dispersos no sistema capilar de suas filiais, com a tarefa de personalizar os produtos para os clientes. Assim, a empresa encontra equilíbrio entre a centralização do domínio tecnológico exercido exclusivamente pela matriz, por meio de inovações abertas e distribuídas, e a descentralização de inovações periféricas, por meio da inovação distribuída, através de suas filiais.

ABSTRACT

PATTERNS OF INNOVATION IN MULTINATIONAL TECHNOLOGY BASE

Since the industrial sectors looked up at innovation as a tool for competitive advantages and economic development, studies on innovation have deepened into the many distinct variants of the phenomenon process. Here we examine the case of Renishaw, a multinational corporation, leader in its sector.  Renishaw is focused on production of control instruments, on methodologies and on numeric control machine fine tune systems. She holds affiliates in 30 countries around the world. We target at determining the characteristics of the innovation strategy at Renishaw. We used the case study methodology and collected information from three top managers as social subjects in the Brazilian affiliate. We used official documents to access complementary information, too. Results indicate that the corporation holds a well consolidated system to access and expand the corporate technological basis, centralized in the headquarter only. Its innovation processes are characterized by open and user innovation processes. The open innovation processes result from interactions with R&D centers in the headquarter country only. Its user innovation processes are dispersed through the affiliates’ capillarity of the corporation. Affiliates must use user information to customize products, after sharing information with headquarter. Thus, the corporation finds equilibrium between the centralization of technological dominion, exerted by headquarter, using open and user innovation, and the peripheral, customized innovation, through user innovation process, made by its affiliates worldwide.

 

https://doi.org/10.24883/IberoamericanIC.v1i2.11
ARTIGO - PDF

O(s) autor(es) autoriza(m) a publicação do texto na da revista;

O(s) autor(es) garantem que a contribuição é original e inédita e que não está em processo de avaliação em outra(s) revista(s);

A revista não se responsabiliza pelas opiniões, idéias e conceitos emitidos nos textos, por serem de inteira responsabilidade de seu(s) autor(es);

É reservado aos editores o direito de proceder a ajustes textuais e de adequação às normas da publicação.

Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

Esta licença permite que outros remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho para fins não comerciais, e embora os novos trabalhos tenham de lhe atribuir o devido crédito e não possam ser usados para fins comerciais, os usuários não têm de licenciar esses trabalhos derivados sob os mesmos termos.

Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja O Efeito do Acesso Livre) emhttp://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html

Downloads

Não há dados estatísticos.