QUALIDADE NO ATENDIMENTO COM FATOR DIFERENCIAL PARA AS EMPRESAS CONQUISTAREM E RETEREM CLIENTES. ÁREA DE VENDAS
PDF

Palavras-chave

Atendimento
Satisfação
Fidelização
Liderança
Customer Service
Satisfaction
Loyalty Excellence and Leadership

Como Citar

Santos, F. dos. (2017). QUALIDADE NO ATENDIMENTO COM FATOR DIFERENCIAL PARA AS EMPRESAS CONQUISTAREM E RETEREM CLIENTES. ÁREA DE VENDAS. Revista Inteligência Competitiva, 7(2), 208–241. https://doi.org/10.24883/IberoamericanIC.v7i2.224

Resumo

Este estudo tem como objetivo saber qual é a importancia de um bom atendimento para as empresas conquistarem e fidelizarem seus clientes. Hoje em dia  existe uma competição muito grande entre as empresas de diferentes ramos, que investem cada vez mais na qualificação dos seus colaboradores, buscando preparar suas equipes para prestarem um atendimento de excelência aos seus clientes. Deste modo, esse artigo também intenciona saber o grau de fidelidade e nível de satisfação dos clientes, como eles se relacionam com as empresas e qual é o papel da liderança na questão do atendimento.
https://doi.org/10.24883/IberoamericanIC.v7i2.224
PDF

Referências

BERKOWITZ, Eric N. et al. Marketing. Rio de Janeiro: Editora LTC, 2003.

BOGMANN, Itzhak Meir. Marketing de Relacionamento: Estratégias de fidelização e suas implicações financeiras. São Paulo: Nobel, 2000.

DETZEL, Denis H; DESATNICK, Robert L. Gerenciar bem é manter o cliente. São Paulo: Pioneira, 1995.

GODRI, Daniel. Conquistar e manter clientes. 32. ed. Blumenau-SC: Eko, 1994.

GONÇALVES, C; JAMIL, G; TAVARES, W. Marketing de Relacionamento – Data Base Marketing – Uma Estratégia Para Adaptação em Mercados competitivos. Rio de Janeiro: Axcel Books do Brasil, 2002.

GORDON, L. Marketing de Relacionamento: Estratégias, Técnicas e Tecnologias paraConquistar Clientes e Mantê-los para Sempre. São Paulo: Futura, 1999.

GORDON, Ian. Marketing de relacionamento: Estratégias, Técnicas e Tecnologias para conquistar clientes e mantê-los para sempre. 4. Ed. São Paulo: Futura, 2001.

JONES, O. T.; SASSER, W. E. Why satsfed Customers Defect. Harvard Business Review, v. 73, n. 11, p. 88-99, 1995.

KOTLER, Philip, ARMSTRONG, Gary. Princípios de marketing. Tradução Vera Whately. Rio de Janeiro: Prentice Hall do Brasil, 1998.

KOTLER, Philip. Administração de marketing: a edição do novo milênio. São Paulo: Prentice Hall, 2000.

______. Administração de marketing: análise, planejamento, implementação e controle. 4. ed. São Paulo: Atlas, 1998.

KOTLER, Philip; KELLER, Kevin. Administração de marketing. 12. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006.

LAS CASAS, A. Marketing. 5. Ed. São Paulo: Atlas, 2001.

LEVY, Michel; WEITZ, Barton A. Administração de varejo. São Paulo: Atlas, 2000.

LOVELOCK, Christopher; WIRTZ, Jochen. Marketing de serviços pessoas, tecnologia e resultados. 5. ed. São Paulo: Person Prentice Hall, 2006.

LUCINDA, M. A. Qualidade: fundamentos e práticas para cursos de graduação/ Marco Antônio Lucinda. Rio de Janeiro: Brasport, 2010.

MELLO, C. H. P. Gestão da qualidade. São Paulo: Pearson, 2010.

MILAN, G.S; TREZ, G. Pesquisa de Satisfação: Um modelo para plano de saúde. Revista Administração de empresas eletrônicas, v 4, n. 2, art 17, 2005.

OLIVER, R. L. Satsfacton: a behavioral perspectve on the consumer. New York: McGraw-Hill, 1997.

ROMANIUK, J.; THIEL, M. N. Thought leadership in brand management. Journal of Business Research. v. 66, n.1, p. 67-72, 2013.

YEVDOKYMENKO, Natalya; Antecedentes e conseqüências de orientação para o mercado. Dissertação de Mestrado em Administração. Programa de Pós graduação da Universidade Autônoma de Lisboa, 2013.

ZEITHAML, Valerie A.; BITNER, Mary Jo. Marketing de serviço: a empresa com foco no cliente. Porto Alegre: Bookman, 2003.

O(s) autor(es) autoriza(m) a publicação do texto na da revista;

O(s) autor(es) garantem que a contribuição é original e inédita e que não está em processo de avaliação em outra(s) revista(s);

A revista não se responsabiliza pelas opiniões, idéias e conceitos emitidos nos textos, por serem de inteira responsabilidade de seu(s) autor(es);

É reservado aos editores o direito de proceder a ajustes textuais e de adequação às normas da publicação.

Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

Esta licença permite que outros remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho para fins não comerciais, e embora os novos trabalhos tenham de lhe atribuir o devido crédito e não possam ser usados para fins comerciais, os usuários não têm de licenciar esses trabalhos derivados sob os mesmos termos.

Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja O Efeito do Acesso Livre) emhttp://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html

Downloads

Não há dados estatísticos.