ALOCAÇÃO DE CUSTOS EM UM CENTRO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM HOSPITALAR: ESTUDO DE CASO NA SOCIEDADE HOSPITALAR SÃO JOSÉ/RS
PDF

Palavras-chave

Custos Hospitalares
Mensuração de Custos
Ponto de Equilíbrio
Apuração de Resultados

Como Citar

Klock, G. E., Bertollo, D. L., Camargo, M. E., & Bizotto, B. S. (2018). ALOCAÇÃO DE CUSTOS EM UM CENTRO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM HOSPITALAR: ESTUDO DE CASO NA SOCIEDADE HOSPITALAR SÃO JOSÉ/RS. Revista Inteligência Competitiva, 8(4), 141–162. https://doi.org/10.24883/IberoamericanIC.v8i4.299

Resumo

Os hospitais filantrópicos enfrentam diversas dificuldades para manter suas portas abertas e continuarem a oferecer os seus serviços à população que busca atendimento, tanto de caráter de urgência ou preventiva, independentemente do plano de saúde que venham a ter, gerando a necessidade da formação de uma equipe administrativa qualificada, com bom planejamento estratégico e com conhecimento nas diversas legislações e normas que regem estas instituições. Nesse sentido, é importante demonstrar que uma administração efetiva com foco nos resultados não deve estar apenas preocupada com o faturamento, mas também ter uma visão aguçada quanto a alocação de custos, trazendo a situação real de cada setor, não permitindo que setores absorvam os custos de outros, distorcendo a análise individual dos mesmos. Assim, as contínuas mudanças, cortes e ajustes podem proporcionar eficiência aos hospitais atendendo as expectativas, tanto dos clientes internos quanto externos.
https://doi.org/10.24883/IberoamericanIC.v8i4.299
PDF

Referências

ALMEIDA, L. B.; SANTOS, A. R. Práticas de contabilidade de custos: uma investigação nas indústrias paranaenses. Sociedade, Contabilidade e Gestão, v. 2, n. 1, 2010.

BOMFIM, E. A; PASSARELLI, J. Custos e Formação de preços, 7ª Ed. São Paulo: IOB, 2011.

CALLADO, A. A. C.; CALLADO, A. L. C. Mensuração e controle de custos: um estudo empírico em empresas agroindustriais. Sistemas & Gestão, v. 1, n. 2, p. 132-141, 2009.

CAMARGO, C. Planejamento financeiro, 2ª Ed. Curitiba: Ibpex, 2007.

CARIOCA, V. Contabilidade de Custos, Edição Especial, São Paulo: Alínea, 2012.

CASAROTTO FILHO, N; KOPITTKE, B. H. Análise de investimentos: matemática financeira, engenharia econômica, tomada de decisão, estratégia empresarial, 9ª Ed. São Paulo: Atlas, 2000.

DE SOUZA, M. A.; SCHNORR, C.; BALDASSO FERREIRA, F. Análise das relações custo-volume-lucro como instrumento gerencial: um estudo multicaso em indústrias de grande porte do Rio Grande do Sul. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 5, n. 12, 2011.

DUBOIS, A; KULPA, L; SOUZA, L. E. Gestão de Custos e Formação de Preços, 3ª Ed. São Paulo: Atlas, 2009.

ESMERALDO, E. C. M. Custeio Variável Como Ferramenta de Análise Gerencial nas Empresas do segmento Educacional, 2010. TCC (Graduação) - Curso de Ciências Contábeis – Universidade de Caxias do Sul - UCS, Caxias do Sul, 2010.

FANTIN, C. Análise da viabilidade econômica e financeira da aquisição de um aparelho de tomografia computadorizada pela sociedade hospitalar São Jose de Antônio Prado – RS, 2014. 53 f. TCC (Graduação) - Curso de Ciências Contábeis, Universidade de Caxias do Sul – UCS, Caxias do Sul, 2014.

HELFERT, E. Técnicas de análise financeira: um guia prático para medir o desempenho dos negócios, Porto Alegre: Bookman, 2000.

GIL; A. C. Como elaborar projetos de pesquisa, 4ª Ed. São Paulo: atlas, 2002.

LAPPONI, J. C. Projetos de investimento na empresa, 1ª Ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

LINS, L. S; SILVA, R. N. S. Gestão de Custos, 2ª Ed. São Paulo: atlas, 2013.

MARTINS, G. A. Estudo de caso: uma estratégia de pesquisa, 2ª Ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MASCARENHAS, S. A. Metodologia Científica. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012.

ALMEIDA MORAES, G. D.; ESCRIVÃO FILHO, E. A gestão da informação diante das especificidades das pequenas empresas. Ciência da informação, v. 35, n. 3, 2006.

PADOVEZE, CLÓVIS LUIS. Controladoria Estratégica e Operacional, 3ª Ed. São Paulo: Cengage Learning, 2012.

PEINADO, J.; GRAEML, A. R. Administração da produção. Operações industriais e de serviços. Unicenp, 2007.

PEREZ Jr, J. H; OLIVEIRA, L. M; COSTA, R. G. Gestão Estratégica de Custos, 8ª Ed. São Paulo: Atlas, 2012.

REIS, L. G. Produção de monografia: de teoria à prática, 2ª Ed. Brasília: Senac – DF, 2008.

RIBEIRO, O. M. Contabilidade de custos Fácil, 7ª Ed. São Paulo, 2009.

RODRIGUES, A. Gerenciamento dos resultados contábeis através de receitas e Despesas não-operacionais: estudo empírico das companhias “Nível 1” – Bovespa. Sociedade, Contabilidade e Gestão, v. 2, n. 1, 2010.

RODRIGUES, R. M. Pesquisa acadêmica: como facilitar o processo de preparação de suas etapas, 1ª Ed. São Paulo: Atlas, 2007.

SAVISKI, C. V. Planejamento tributário: um estudo de caso sobre o melhor regime de tributação para uma empresa que atua na montagem de elevadores no sul de Santa Catarina. 2014. 53 f. TCC (Graduação) - Curso de Ciências Contábeis, Universidade do Extremo Sul Catarinense – Unesc, Criciúma, 2014.

O(s) autor(es) autoriza(m) a publicação do texto na da revista;

O(s) autor(es) garantem que a contribuição é original e inédita e que não está em processo de avaliação em outra(s) revista(s);

A revista não se responsabiliza pelas opiniões, idéias e conceitos emitidos nos textos, por serem de inteira responsabilidade de seu(s) autor(es);

É reservado aos editores o direito de proceder a ajustes textuais e de adequação às normas da publicação.

Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

Esta licença permite que outros remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho para fins não comerciais, e embora os novos trabalhos tenham de lhe atribuir o devido crédito e não possam ser usados para fins comerciais, os usuários não têm de licenciar esses trabalhos derivados sob os mesmos termos.

Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja O Efeito do Acesso Livre) emhttp://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html

Downloads

Não há dados estatísticos.